Skip to content

Estação Ferroviária de Caíde Traditional Cache

Hidden : 06/15/2022
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Estação Ferroviária de Caíde

História

Século XIX

O lanço entre Penafiel e Caíde da Linha do Douro entrou ao serviço em 20 de Dezembro de 1875.[7] O troço seguinte, até ao Juncal, foi inaugurado em 15 de Setembro de 1878.

Em Janeiro de 1899, foi aberto um inquérito administrativo, para apresentar ao público os projectos ferroviários dos Planos das Redes Complementares ao Norte do Mondego e Sul do Tejo, tendo uma das novas linhas sido a do Tâmega, de via estreita, que nessa altura estava planeada para ser iniciar em Caíde.[9]

Foto do aviso - Aviso de 1877, onde esta estação surge com a grafia contemporânea: Cahide

Século XX

Em 1913, a estação de Caíde era servida por uma carreira de diligências até FelgueirasLixa e Celorico de Basto.[10]

Em 1 de Novembro de 1926, a Gazeta dos Caminhos de Ferro noticiou que o governo já tinha aprovado um projecto para a ampliação da estação de Caíde, orçado em 45.000$.[11] Em 11 de Maio de 1927, os Caminhos de Ferro do Estado foram integrados na Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, que passou a explorar as antigas linhas do estado, incluindo a do Douro.[12]

Em 1933, a Comissão Administrativa do Fundo Especial de Caminhos de Ferro aprovou a realização de diversas obras em Caíde, como muros de vedação e cancelas.[13] Em 1 de Março de 1934, a Gazeta informou que a Direcção-Geral de Caminhos de Ferro tinha aberto um concurso para o calcetamento do pátio exterior de Caíde,[14] e em 1 de Abril desse ano noticiou que a Comissão do Fundo Especial tinha autorizado a pavimentação da plataforma de parte do passeio exterior ao edifício da estação.[15] Também em 1934, a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses fez obras de expansão na estação de Caíde.[16]

Em 16 de Maio de 1935, a Gazeta reportou que a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses tinha concluído as obras de remodelação e ampliação em Caíde, que consistiram na construção de um novo cais coberto e de um pequeno cais descoberto para descarga de viaturas, instalação de uma nova via férrea e remodelação das já existentes, e o calcetamento do pátio exterior.[17]

Em 29 de Junho de 1945, a locomotiva de um comboio de mercadorias entre Porto - Campanhã e Régua descarrilou na estação de Caíde, que fez grandes estragos materiais e provocou atrasos na circulação.[18]

Na Década de 1990, o Gabinete do Nó Ferroviário do Porto executou um programa de modernização das linhas férreas suburbanas do Porto, incluindo a do Douro, onde foi instalada sinalização electrónica entre Ermesinde a Caíde.[19] Em Setembro de 1995, iniciou-se a elaboração do projecto de remodelação entre Caíde e Cête, e em Dezembro desse ano ficou concluído o estudo prévio para a remodelação do lanço entre o Porto e Marco de Canaveses, que contemplava a duplicação da via férrea de Ermesinde a Caíde.[20] No âmbito deste programa, também ficou previsto o prolongamento da sinalização electrónica até à Régua.[21]

Foto da estação - A Estação de Caíde, em foto do final da década de 1880

Século XXI

Entre Março de 2000 e Setembro de 2002, a estação de Caíde foi alvo de profundas obras de remodelação, no âmbito do projecto de modernização do troço Penafiel-Caíde; esta intervenção, com o custo aproximado de 1 550 000 euros, contemplou a ampliação do edifício de passageiros e a construção de uma área técnica, uma passagem inferior para peões, vários muros de suporte, e coberturas nos cais de passageiros.[22]

Foi o término provisório do serviço da CP Porto “Linha do Marco” até julho de 2019, quando a eletrificação foi expandida até Marco de Canaveses.[23]

 

Additional Hints (Decrypt)

Zntaégvpn

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)