Skip to content

Penacova🪁 no centro de Portugal!🌄 [PT/EN] Mystery Cache

Hidden : 07/10/2023
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Esta cache encontra-se num local com horário e pode ser descoberta Todos os Dias das 9h às 13h e das 14h às 17h. O espaço encerra no Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 25 de Dezembro e 1 de Janeiro. A entrada é gratuita. Podem identificarem-se como Geocachers que os funcionários têm conhecimento da existência do tesouro!

A cache não se encontra nas coordenadas indicadas. Trata-se de uma Geocache Mistério de fácil resolução e de apenas 2 pontos (inicial e final)!. Para chegarem às coordenadas finais têm de resolver um pequeno puzzle nas coordenadas iniciais, bastando para tal responder à pergunta que consta na listing abaixo e validar a mesma no CERTITUDE!

Não publiquem fotos da cache para não estragar a surpresa aos próximos geocachers que a pretendam encontrar pois as mesmas serão apagadas! Alguma ajuda, estejam à vontade para contactar.😊

This cache is located in a place with a timetable and can be discovered every day from 9 am to 1 pm and from 2 pm to 5 pm. The space closes: Easter Sunday, May 1st, December 25th and January 1st. Entry is free. They can identify themselves as Geocachers that the employees are aware of the existence of the treasure!

The cache is not located at the indicated coordinates. This is a Mystery Geocache that is easy to solve and only 2 points (initial and final)!. To reach the final coordinates, they have to solve a small puzzle in the initial coordinates, simply answering the question in the listing below and validating it in CERTITUDE!

Do not publish photos of the cache so as not to spoil the surprise for the next geocachers who want to find it, as they will be deleted! Any help, feel free to reach out.😊

[PT]

Descrição:

Para a conhecer Penacova é preciso chegar e perder-se entre vales, respirar o ar puro da serra e do rio, deixar o verde da paisagem invadir os seus sentidos. É assim Penacova, terra de rios e ribeiras, miradouros e penedos, de moinhos e azenhas, de vento e água.

No centro da Vila, bem perto da localização final desta cache, o destaque vai para a Pérgola Raúl Lino, da autoria do arquiteto com mesmo nome. Palco de inúmeros eventos ao longo do ano, a esplanada da Pérgola convida a sentar e a apreciar da varanda, sob as velhas cepas das glicínias, a paisagem que é soberba. É uma ‘espécie’ de varanda sobre o melhor da paisagem penacovense. Coberta por velhas glicínias permite avistar o rio e contemplar uma vista desafogada e fresca. Natureza viva e intensa. É bonito o que se vê e o que se sente. Sim, o ar também é bom. Muito bom…

Poderão encontrar também bem perto, no Largo Alberto Leitão, o busto de António José de Almeida, da autoria de Cabral Antunes, o 6º presidente da República Portuguesa, natural de Vale da Vinha, São Pedro de Alva. Próximo dali, a Igreja Matriz, dedicada à Senhora Assunção, convida a que se percorra a calçada, se observe os rostos daqueles com que nos cruzamos e se descubra o pitoresco das fachadas ou o antigo pelourinho hoje transformado em cruzeiro.

Na proa da vila, o “cabeço do castelo”, deslumbremo-nos com o Mirante Emydio da Silva. Daqui a vista é soberba, e o esplendor do vale inunda os ângulos da nossa visão.

Localizado na parte alta da vila, do lado oeste, o Penedo do Castro, surpreende pela imponência da parede quartzítica propícia à prática de escalada e rappel. O nome Penedo do Castro foi-lhe atribuído em 30 de maio de 1908, em homenagem ao escritor Augusto Mendes Simões Castro, um dos mais antigos propagandistas da região. Este local está assinalado com uma lápide desenhada por Raúl Lino, oferecendo uma das mais impressionantes vistas panorâmicas de Penacova, pela sensação de vastidão que se tem da vila e do seu espaço envolvente sobre o Vale do Mondego.

São várias as formações rochosas existentes nas terras de Penacova, os Penedos da Carvoeira são uma dessas formações compostas essencialmente por escarpas quartzíticas. É aí que encontramos o avião, um artefacto de madeira, onde dá para entrar uma pessoa e tirar fotografias estando defronte de Penacova. O avião foi colocado, por iniciativa da autarquia, em homenagem ao aviador António Feliciano de Sousa.

A água límpida dos trechos não poluídos do Alva e Mondego, correndo em curvas caprichosas entre montes escarpados oferece-nos praias fluviais como o Vimieiro e Reconquinho, em harmonia como uma paisagem cénica.

Vários eram os sistemas primitivos de transporte no Rio Mondego a montante de Coimbra, no entanto, um tinha lugar de primazia - a barca serrana (designação provavelmente com origem na região litoral, já que na zona o nome pelo qual era comummente conhecida a barca) que assumia, neste contexto, um papel de destaque, encontrando-se no centro das mais importantes atividades económicas e comerciais da bacia do Mondego.

Ali bem próximo, dispostos quase verticalmente, como livros numa estante, os quartzíticos silúricos formam o mais importante Monumento Natural do Concelho, a Livraria do Mondego.

Em Lorvão, vila do concelho de Penacova, ergue-se o Mosteiro de Lorvão. Este está entre os mais antigos da Europa, já que a sua fundação remonta a meados do século VI, de acordo com as memórias relatadas pelos cronistas monásticos, e é desde 1910 designado de Monumento Nacional.

O Concelho de Penacova possui um dos maiores núcleos molinológicos do país, com destaque para o Museu do Moinho Vitorino Nemésio, situado em pleno perímetro florestal da Serra do Buçaco, no Núcleo Molinológico Portela da Oliveira, freguesia de Sazes do Lorvão. Pelas serras da Atalhada, Aveleira e Roxo, Gavinhos (esta em particular devido ao Moinho do Sr. Lino), Paradela de Lorvão, podemos encontrar 19 moinhos de vento em atividade ou em condições de funcionar, bem como 18 azenhas instaladas nos cursos do Mondego e do Alva e nas muitas ribeiras que correm no concelho.

A história da produção da cal no concelho de Penacova, com os seus Moinhos de Cal, remontará aos séc. XVII e XVIII, período em que se terá dado a construção do Forno do Pisão, nas proximidades de Lorvão, visando suprir as necessidades do Mosteiro. Nas fontes escritas, os fornos de cal de Penacova são referidos a partir de 1860, indiciando a expansão da produção de cal, para além da zona de influência do Mosteiro. Ainda que possuindo diferentes estados de conservação, quem nos visita, poderá, ainda hoje, aperceber-se da importância desta indústria bem patente nos 23 fornos de cal ainda existentes no concelho, distribuídos por Ferradosa, Sernelha, Arroeiras-Riba de Cima, Lorvão, Carregal-Friúmes, Galiana e, obviamente, no Casal de Santo Amaro, onde se localiza o maior e melhor conservado conjunto: 10 fornos, localizados em 2 núcleos distintos.

A Estrada Nacional 2, com uma extensão de 739 kms, atravessa 11 distritos e 35 concelhos e tem paragem obrigatória, no concelho de Penacova, ao KM 238, bem próximo da Praia Fluvial do Reconquinho. Ligando o norte ao sul do país, de Chaves a Faro, aquela que é uma das mais extensas estradas a nível mundial, constitui uma importante rota turística e atrai cada vez mais turistas que, fazendo a Rota, conhecem de perto o interior do país com realidades, paisagens, património, saberes e sabores únicos.

Por estes motivos e por mais que de certeza descobrirão, convidamo-los a porem-se a caminho e a partir à aventura. Descobrir Penacova é, sem dúvida, saber onde a Natureza vive e onde se respira bom ar mesmo no Centro de Portugal!

No vídeo abaixo podem assistir a uma pequena apresentação de tudo aquilo que Penacova tem para vos oferecer:

Penacova...no centro de Portugal

Fonte: cm-penacova.pt

A Cache:

Esta Cache foi desenvolvida com imenso gosto e dedicação, e está relacionada com o local, temática e cultura de Penacova. Encontrem-na e aproveitem para conhecer tudo aquilo que Penacova tem para vos oferecer, este será o ponto de partida para a vossa visita a este belo território carregado de histórias e tradições!

A cache foi colocada no local com o conhecimento e respetiva autorização dos responsáveis do Município de Penacova e do Posto de Turismo, aos quais agradecemos os contactos, reuniões e visitas efetuadas para que tal fosse possível, especialmente um grande bem-haja a Miguel Gonçalves – Chefe de Divisão de Turismo e Cultura da CMP, a Álvaro Coimbra – Presidente da CMP e a Mauro Carpinteiro - administrador da PenaParque.

 

Pergunta para descobrir o Ponto Final desta Geocache Mistério:

Nas coordenadas iniciais vais encontrar uma placa informativa sobre um percurso pedestre. Qual o nome, em Português,  desse percurso? (Escreve com maiúsculas e sem espaços!)

Valida a tua resposta no CERTITUDE e descobre a localização final desta cache.

 

Levem caneta para registar a visita. Como conteúdo inicial, o container final contém Logbook, Stashnote e permite a troca de pequenos brindes, TB’s, Geocoins, etc. Peço que deixem tudo tal e qual como encontraram ou ainda melhor e se acontecer alguma coisa com a cache, peço que nos informem. A durabilidade da cache depende de todos! Fotos da cache, do interior e do cantinho onde se encontra serão apagadas de forma a manter a surpresa para futuros geocachers que a procurem. Podem dar dicas mas sejam discretos nos comentários.

Algumas orientações e conselhos a terem na realização/abertura desta cache:

- Tenham atenção a todos os pormenores que envolvem esta cache. Sejam subtis e vão encontrar algumas surpresas!

- A porta do container encontra-se aberta e é fixa, por isso evitem mexer nela! Anteriormente o container que contém o logbook estava no seu interior, infelizmente após a mesma se ter danificado, optámos por colocar o lobook no exterior/atràs!

- Devem retirar e recolocar o container interno (que contém o Logbook) com o máximo cuidado. Recomendamos que retirem a cache da prateleira e a coloquem em cima da mesa anexa para melhor a apreciarem e encontrarem o logbook;

- Não forcem nada e tenham cuidado ao manusear a cache. Trata-se de uma obra original, construída de raiz por nós utilizando e reaproveitando muitos materiais. Esta cache deu-nos muito gosto, trabalho a desenvolver e requereu alguns gastos, por isso tratem-na bem;😊

- Sim, ela roda!😀

- O registo online apenas será validado após terem encontrado o Logbook e terem lá inscrito o log;

- Disfrutem e preservem todo o espaço envolvente, não danifiquem nada, não deixem lixo no local, façam C.I.T.O. (Cache In Trash Out) sempre que possível. A natureza agradece!😉

Esta é mais uma cache construída e desenvolvida pela CeiraGeoTeam. Somos um casal de Geocachers, Tiago & Milene, de Ceira (vila do concelho de Coimbra) mas as nossas caches vão muito mais além, ultrapassando as fronteiras da nossa terra… Fica o desafio para as caçarem todas. Esperemos que disfrutem e o mais importante, que se divirtam a fazer Geocaching!

🤠👫CeiraGeoTeam⚕️💉

Podes validar a solução do puzzle com certitude

[EN]

Description:

To get to know Penacova, you have to arrive and get lost in the valleys, breathe the fresh air of the mountains and the river, let the green of the landscape invade your senses. This is how Penacova is, land of rivers and streams, viewpoints and boulders, of mills and watermills, of wind and water.

In the center of the village, very close to the final location of this cache, the highlight goes to the Pergola Raúl Lino, designed by the architect with the same name. The setting for numerous events throughout the year, the Pérgola esplanade invites you to sit down and enjoy the superb landscape from the balcony, under the old vines of wisteria. It is a 'kind' of balcony overlooking the best of the Penacovense landscape. Covered by old wisteria, it allows you to see the river and contemplate an unobstructed and fresh view. Living and intense nature. It's beautiful what you see and what you feel. Yes, the air is also good. Very good…

You can also find very close by, in Largo Alberto Leitão, the bust of António José de Almeida, by Cabral Antunes, the 6th President of the Portuguese Republic, born in Vale da Vinha, São Pedro de Alva. Nearby, the Igreja Matriz, dedicated to Senhora Assunção, invites you to walk along the sidewalk, observe the faces of those you come across and discover the picturesque facades or the old pillory now transformed into a cross.

At the prow of the town, the “Cabeço do Castelo”, let's be dazzled by the Mirante Emydio da Silva. From here the view is superb, and the splendor of the valley floods the angles of our vision.

Located in the upper part of the village, on the west side, Penedo do Castro is surprising due to the impressiveness of its quartzite wall, ideal for climbing and abseiling. The name Penedo do Castro was assigned on May 30, 1908, in honor of the writer Augusto Mendes Simões Castro, one of the oldest propagandists in the region. This place is marked with a tombstone designed by Raúl Lino, offering one of the most impressive panoramic views of Penacova, due to the feeling of vastness that one has of the village and its surroundings over the Mondego Valley.

There are several existing rock formations in the lands of Penacova, the Penedos da Carvoeira is one of these formations composed essentially of quartzite cliffs. It is there that we find the plane, a wooden artefact, where one can enter and take pictures while facing Penacova. The plane was placed, on the initiative of the municipality, in honor of the aviator António Feliciano de Sousa.

The clear water of the unpolluted stretches of the Alva and Mondego, running in capricious curves between steep hills, offers us river beaches such as Vimieiro and Reconquinho, in harmony with a scenic landscape.

There were several primitive transport systems on the Mondego River upstream of Coimbra, however, one had a place of primacy - the serrana barge (a designation probably originating in the coastal region, since in the area the name by which the barge was commonly known) which assumed, in this context, a prominent role, being at the center of the most important economic and commercial activities in the Mondego basin.

Very close by, arranged almost vertically, like books on a shelf, the siluric quartzites form the most important Natural Monument of the Municipality, the Livraria do Mondego.

In Lorvão, a village in the municipality of Penacova, stands the Monastery of Lorvão. This is among the oldest in Europe, as its foundation dates back to the mid-6th century, according to memories reported by monastic chroniclers, and since 1910 it has been designated a National Monument.

The Municipality of Penacova has one of the largest molinological centers in the country, with emphasis on the Museum of Moinho Vitorino Nemésio, located in the middle of the forest perimeter of Serra do Buçaco, in the Molinological Center Portela da Oliveira, parish of Sazes do Lorvão. In the mountains of Atalhada, Aveleira and Roxo, Gavinhos (this one in particular due to Sr. Lino's Mill), Paradela de Lorvão, we can find 19 windmills in operation or in working condition, as well as 18 watermills installed on the courses of the Mondego and Alva and in the many streams that flow in the municipality.

The history of lime production in the municipality of Penacova, with its lime mills, dates back to the 16th century. XVII and XVIII, period in which the construction of the Forno do Pisão took place, near Lorvão, aiming to supply the needs of the Monastery. In written sources, the lime kilns of Penacova are mentioned from 1860 onwards, indicating the expansion of lime production beyond the Monastery's area of influence. Even though they have different states of conservation, those who visit us can, even today, perceive the importance of this industry, clearly evident in the 23 lime kilns still existing in the county, spread over Ferradosa, Sernelha, Arroeiras-Riba de Cima, Lorvão, Carregal-Friúmes, Galiana and, obviously, Casal de Santo Amaro, where the largest and best-preserved set is located: 10 ovens, located in 2 distinct cores.

The National Road 2, with a length of 739 km, through it covers 11 districts and 35 municipalities and has a mandatory stop, in the municipality of Penacova, at KM 238, very close to Praia Fluvial do Reconquinho. Connecting the north to the south of the country, from Chaves to Faro, which is one of the longest roads in the world, it is an important tourist route and attracts more and more tourists who, taking the Route, get to know the interior of the country up close with realities, landscapes, heritage, knowledge and unique flavors.

For these reasons and as much as you will certainly discover, we invite you to set out on the journey and set out on an adventure. Discovering Penacova is, without a doubt, knowing where Nature lives and where you can breathe good air even in Central Portugal!

Source: cm-penacova.pt

The Cache:

This Cache was developed with immense taste and dedication, and is related to the location, theme and culture of Penacova. Find it and take the opportunity to discover everything that Penacova has to offer, this will be the starting point for your visit to this beautiful territory full of stories and traditions!

The cache was placed on site with the knowledge and respective authorization of those responsible for the Municipality of Penacova and the Tourist Office, to whom we thank for the contacts, meetings and visits made to make this possible, especially a great welcome to Miguel Gonçalves – Head of CMP's Tourism and Culture Division, to Álvaro Coimbra – President of CMP and to Mauro Carpinteiro – administrator of PenaParque.

 

Question to discover the End Point of this Mystery Geocache:

At the initial coordinates you will find an information board about a pedestrian route. What is the name, in Portuguese, of this route? (Write in capital letters and no spaces!)

Validate your answer in CERTITUDE and discover the final location of this cache.

Take a pen to record the visit. As initial content, the final container contains Logbook, Stashnote and allows the exchange of small gifts, TB's, Geocoins, etc. I ask you to leave everything as you found it or even better and if anything happens to the cache, please let us know. The durability of the cache depends on everyone! Photos of the cache, the interior and the corner where it is located will be deleted in order to keep the surprise for future geocachers who look for it. You can give tips but be discreet in the comments.

Some guidelines and advice to take when carrying out/opening this cache:

- Pay attention to all the details involving this cache. Be subtle and you'll find some surprises!

- The container door is open and fixed, so avoid touching it! Previously the container containing the logbook was inside, unfortunately after it was damaged, we chose to place the logbook outside/behind!

- They must remove and replace the internal container (which contains the Logbook) with the utmost care. We recommend that you remove the cache from the shelf and place it on the attached table to better appreciate it and find the logbook;

- Don't force anything and be careful when handling the cache. It is an original work, built from scratch by us using and reusing many materials. This cache gave us a lot of pleasure, work to be done and required some expenses, so treat it well;😊

- Yes, she rotates!

- The online registration will only be validated after having found the Logbook and having entered the log there;

- Enjoy and preserve all the surrounding space, do not damage anything, do not leave garbage in the place, do C.I.T.O. (Cache In Trash Out) whenever possible. Nature thanks you!

This is another cache built and developed by CeiraGeoTeam. We are a couple of Geocachers, Tiago & Milene, from Ceira (a town in the municipality of Coimbra) but our caches go much further, crossing the borders of our land… The challenge is to hunt them all down. We hope you enjoy and most importantly, that you have fun doing Geocaching!

🤠👫CeiraGeoTeam⚕️💉

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Ngraçãb nbf ubeáevbf! Qvpn ab PREGVGHQR! Aãb choyvdhrz sbgbf qn pnpur! (ZNAHFRNE PBZ PHVQNQB! YRVNZ NF VAQVPNÇÕRF QR NOREGHEN AN YVFGVAT) [EN] Nggragvba gb fpurqhyrf! Gvc ba gur PREGVGHQR! (UNAQYR JVGU PNER! ERNQ GUR YVFGVAT)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)