Skip to content

WR-T01 - Teatro Ibérico Traditional Geocache

Hidden : 03/02/2023
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

(Click on the image above)

 

O amigo António deixou-nos precocemente, como não foi possivel manter a antiga versão GC2954V, por razões que são as que são, pretendo que esta cache seja a sua Fénix renascida das cinzas, tal como sempre a conhecemos. 

Esta cache não é um simples "reborn" é mesmo um clone da anterior, para que nos recordemos de um geocacher com "G" grande. Até sempre.

TEATRO IBÉRICO

O théatron é uma forma de arte em que um actor ou conjunto de actores, interpreta uma história ou atividades para o público num determinado lugar. Com o auxílio de dramaturgos ou de situações improvisadas, de directores e técnicos, o espetáculo tem como objectivo apresentar uma situação e despertar sentimentos no público. Teatro é também o termo usado para o local onde há jogos, espectáculos dramáticos, reuniões, apresentações, etc.

 

Segundo a Enciclopédia Britânica, a palavra teatro deriva do grego theaomai - olhar com atenção, perceber, contemplar (1990, vol. 28:515). Theaomai não significa ver no sentido comum, mas sim ter uma experiência intensa, envolvente, meditativa, inquiridora, a fim de descobrir o significado mais profundo; uma cuidadosa e deliberada visão que interpreta seu objeto.

 
O teatro, mais do que ser um local público onde se vê, é o lugar condensado das ambiguidades e paradoxos, onde as coisas são tomadas em mais de um sentido.
Esta importante forma de arte da vida, e devido a vários factores, tem vindo a perder a importância que lhe é devida.
Por isso resolvi iniciar esta série de caches, dedicadas a Teatros, com este que tem particular significado para mim.


O Teatro Ibérico
Ao longo de 29 anos de existência, o Teatro Ibérico tem resistido, “heroicamente” na cena portuguesa, com trabalhos ininterruptos dedicados às montagens de espectáculos, aos cursos e eventos culturais com parcos, mas importantes recursos.

 

 

Agumas das peças levadas à cena no Teatro Ibérico durante a sua existência:

Morte no Parque de Yúkio Mishima
Antígona de Jean Anouilh
Salada Russa de Anton Tchekhov
O Rei Está a Morrer de Eugène Ionesco
O Corvo de Alfonso Sastre
O Veneno do Teatro de Rodolf Sirera
A Relíquia de Eça de Queirós por Filomena Oliveira

 

 

Um pouco de História do local

Convento de Sta. Maria de Jesus ou Paço Real de Afonso III

 


No Paço Real de Xabregas, que foi também Palácio e Mosteiro, segundo afirma o historiador Norberto de Araújo nas sua “Peregrinações em Lisboa”, teriam habitado, temporariamente, todos os reis de
Portugal até D. João IV, à excepção dos que integraram a dinastia dos Filipes.


Onde agora está instalado o Teatro Ibérico, ergueu-se outrora, o Convento de Santa Maria de Jesus, mas, anteriormente, no século XIII, ali ficava o Paço Real de Enxobregas. Este Paço, datado quase desde o início da nossa nacionalidade, foi fundado por D. Afonso III “o Bolonhês”, que se celebrizou por ter tornado Lisboa a capital do Reino.

Esta tese não é, no entanto, pacífica existindo outras hipóteses avançadas por outros historiadores.

Assim a zona em causa foi sendo modificada em função das vicicitudes que aconteceram ao longo dos anos. Resumindo: O Convento de Santa Maria de Jesus ficou concluído a 17 de Maio de 1640 e ali entraram os primeiros nove frades, da Ordem de S. Francisco, vindos da Ilha Terceira. Para a história, o convento passaria a ser conhecido como Convento de
S. Francisco (da Ordem dos Franciscanos) ou de Xabregas.


O terramoto de 1755 provocou, praticamente, a derrocada do convento, facto que obrigou os frades a viveram largos anos na cerva de Lisboa, em barracas de madeira. A construção de um novo convento, no mesmo local, não tardou. A fachada que ainda hoje observamos, no edifício do Teatro Ibérico, é a mesma da época, com pórtico principal encimado pelo brasão das armas do rei D. José. No convento foi então instalada a imagem de Nossa Senhora Mãe dos Homens, Santa Milagreira, um Calvário, com todas as figuras sagradas, e uma imagem da Nossa Senhora da Paz.

Depois de mais algumas mudanças no ramo de actividades até ao início do séculoXX a companhia do teatro Ibérico instalou-se naquele edifício em Novembro de 1980, e ainda hoje ali se encontra.
 
É recomendável manter a discrição.

 

Additional Hints (Decrypt)

Vfófpryrf. N uvcbgrahfn grz dhr svpne ivenqn cnen aóf.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)