Skip to content

Vila de Avanca Traditional Geocache

This cache is temporarily unavailable.

evieira: Para manutenção, voltara brevemente ao ativo

More
Hidden : 03/21/2023
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


História

A Freguesia de Avanca situa-se no concelho de Estarreja, distrito de Aveiro. Avanca é uma das 7 freguesias que constituem o concelho da Estarreja, e ocupa um território de sensivelmente 2400 hectares, de forma praticamente quadrangular. Geograficamente, Avanca é cortada pelo caminho de ferro – Linha Norte – cujo troço, Aveiro-Porto foi inaugurado em 7 de Julho de 1865; e quase paralela a esta via-férrea, a estrada nacional n.o 109 (Porto-Aveiro-Figueira da Foz) que faz fronteira à Igreja Matriz, e seu Largo, distando do Porto 42 km, e de Aveiro 23 km. Mais perto, fica entre Ovar (6 km) e Estarreja (5 km) a cujo concelho pertence mais recentemente e atravessado pela A29 e pela A1, sendo vias estrurantes e com acesso a Norte da freguesia. Segundo o dicionário geográfico do Padre Luís Cardoso (1747) e a informação do Reitor Fraião (1758), houve tempo em que Avanca, pertenceu a três concelhos; – Estarreja, Feira e Bemposta, sendo, neste mesmo tempo, da Província da Beira-Baixa e da Comarca de Esgueira.

Fonte: Jornal O Primeiro de Janeiro, 2005 e Câmara Municipal de Estarreja.

A referência mais antiga que se conhece relacionada com Avanca surge em documentos medievais datado do século X até ao século XV, onde se lê, pela primeira vez, a expressão “Abanca, Ananqua, Vanca” e Avanca são diversas grafias do vocabulário Avanca. A origem deste é obscura, no entanto, “basta o topónimo para garantir ao território desta freguesia uma antiguidade pré-nacional (sufixo Anco origem pré-romana). A restante toponímia da freguesia é também muito importante pelo medievalismo pré e pós nacional”, exemplo Água Levada, Arada, Gonde, etc…

Fonte: Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, n. 38.

Avanca tal como é escrita hoje deu início no século XVII, mas o seu nome apareceu pela primeira vez no ano de 1046, numa carta de testemunho “Avanca tres villas que comparavimus”.

Existem analogamente teorias que antigamente terá aqui existido uma vila com o nome de Banca, outros há que defendem que Avanca é a corrupção de avenca, planta medicinal.

Havendo dúvidas quanto à sua localização terá existido em Avanca o Mosteiro de Santa Marinha, que o rei D. Ordonho II doou o Padroado de Avanca a D. Gomado e ao Mosteiro de Crestuma “Et in ripa de Antoana Monasterio Sancta Marina… illum obtinuit dommus Salomon”.

Em 1254 D. Sancho II ofertou o Padroado de Avanca a D. Pedro, bispo do Porto e à sua sede, o que de alguma forma comprova que Avanca mantinha uma vida religiosa organizada e bastante desenvolvida.

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997.

Em 1257 perde a sua individualidade político-administrativa pois foi doada por D. Afonso III com o Couto de Antuã ao Mosteiro de Arouca para se poder efectuar a troca do Couto de Bouças. O Monarca tentou mais tarde reavê-los, mas não o conseguiu, devido ao seu elevado rendimento que as freiras de Arouca decidiram conservar.

Fonte: Arquivo Distrital de Aveiro.

Em 15 de Novembro de 1519, D. Manuel deu o Foral a Antuã, em Évora, no qual se declaram os direitos do Mosteiro de Arouca sobre o mesmo Couto. Até a data de 1834, o dito Mosteiro foi donatário das terras de Avanca. Porém, com a proclamação das leis de Joaquim António de Aguiar, extinguindo os conventos e confiscando-lhes os bens, acabou o domínio que durara 577 anos.

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997.

A partir do século XVI formou-se em Avanca um importante núcleo de Nobreza Rural, ao mesmo tempo que permite adicinhar um pouco do que terá sido o desenvolvimento económico desta freguesia até meados dos século XIX, onde a Agricultura era, indiscutivelmente a actividade mais lucrativa, aliada à apanha do moliço e Pesca.

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997.

No conteúdo etnográfico ilustra vários quadros da vida agrícola, social, religiosa e tradicional que mostram às actuais gerações os costumes e as vivências de outros tempos. A cultura deste povo também reside nas tradições populares de Avanca: nos trajes típicos, nas alfaias, nas danças e nos cantares da terra.

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997.

Avanca é uma freguesia com abundante agricultura, criação de gado e produção de leite. Nesta freguesia concentram-se parte das potencialidades vizinhas, que convergem sobretudo para o fabrico de queijos e manteiga. Pode-se dizer que a actual realidade de Avanca teve início no longínquo ano de 1887 com a inauguração do apeadeiro do caminho-de-ferro, sendo esta infra-estrutura um dos principais agentes de mudança do curso da história sócio-económica da freguesia.

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997

Foi em 1920 que começou o moderno movimento de industrialização, com a fundação da primeira unidade industrial de manufactura de ferro. Ao lado desta e paralelamente surgiu a indústria de lacticínios com a Sociedade de Produtos Lácteos, vulgarmente conhecida pelo nome de Fábrica do Pensal devido ao tipo de queijo que nela fabricavam. Em 1934, a “Nestlé” adquiriu-a continuando. No entanto, a usar o mesmo nome de firma (S.P.L).

Fonte: Dicionário Enciclopédico das Freguesia, 2o Vol. 1997.

As bases estavam lançadas e a partir daí novas unidades de lacticínios iriam nascer. A indústria do mobiliário de ferro Avancanense iria ter uma grande projecção e dos modos de vida e costumes das gentes de Avanca sofreriam uma grande alteração. Em Avanca descansa o espírito que se envolve num ambiente onde apetece permanecer ao longo do tempo. Avanca é uma vila privilegiada da Natureza. Cursos de água e espaços verdejantes a perder de vista fazem de Avanca uma freguesia que oferece a calma do campo e, por outro lado, a comodidade de uma terra que cresce a par com a modernidade de dia para dia.

Fonte: Jornal Primeiro de Janeiro, 2005.

Padroeira Santa Marinha de Avanca

O dia da Padroeira da Freguesia é de festa para as casas e famílias da mesma. O dia 18 de Julho é o grande dia para Avanca.

A festa de Santa Marinha de Avanca ganhou justa fama nestas redondezas, contando-se às centenas os forasteiros que nesse dia nos visitam. Esta comemoração é uma ocasião para reunir as famílias e celebrar muitos acontecimentos quer da vida civil quer da vida religiosa.

Uma Igreja super lotada, uma procissão que não parece ter fim, uma exuberância na ornamentação da igreja, são a manifestação mais clara que é uma festa religiosa para o povo de Avanca.

Additional Hints (Decrypt)

inv n whagn

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)