Skip to content

GeoFervente Traditional Cache

This cache has been archived.

Rodri_silva776: Primeira Manutenção que seria efetuada e já tinha sido apanhada por mogglers.

Muito exposta.

More
Hidden : 02/21/2024
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Casa da Fervença

 

A Casa de Fervença, antigamente uma vasta propriedade agrícola mas hoje reduzida a cerca de meio milhão de metros
quadrados de terrenos de lavradio e mato, estende-se do sopé do Monte da Franqueira até às ruínas do histórico
Castelo de Faria e possui, como parte urbana, a Casa Senhorial, a Capela e várias construções habitacionais e agrícolas.

Como aconteceu a grande parte das Casas Senhoriais de Portugal, também a Casa de Fervença, perdeu o seu poderio
económico com a extinção dos Morgadios, a transformação dos aforamentos e a queda da Monarquia, o que ocasionou
deficiente conservação urbana e, consequentemente, uma degradação do edificado que somente terminou em meados
de 1971.

Está ereta no sopé Nascente do Monte da Franqueira, a cerca de 500m do
histórico Castelo de Faria e a ela se referem os escritos antigos, como sendo a primeira e principal
residência da linhagem dos Gayos, sabendo-se que D. Soeiro Mendes da Maia, o Bom, contemporâneo do Conde D.
Henrique e de seu filho D. Afonso Henriques, 1° Rei de Portugal, foi pai de Gonçalo Soares Mouro, que se recebeu
(casou) com D. Urraca Soares Gayo, irmã de Nuno Soares Gayo, desta Casa.

A sua fachada principal comporta uma varanda corrida, uma escadaria e uma Capela. A varanda, com colunas de
granito de grão fino sobre pilares de granito de grão grosseiro e assentes em quatro arcos apainelados do mesmo
material, tem, no seu extremo poente, uma escada que dá acesso ao amplo terreiro que a defronta e, no extremo
nascente uma Capela que, sob o Orago de Nossa Senhora da Ajuda, foi instituída em 1617 e, mais tarde, em 1765 e
2017, foi visitada pela Autoridade Diocesana.

Nesta Capela, segundo a pedra tumular que se pode ver em frente ao altar, repousam os restos mortais de Dona Maria
Felgueiras Gayo, falecida em 1588.

O terreiro, que a Nascente é delimitado por uma casa construída em granito grosseiro, antiga residência de criadagem e
hoje adaptada a Unidade de Alojamento Turístico e a Poente, por um muro que o separa da eira e seus cobertos, hoje
uma ampla Sala, cozinha e Sanitários de apoio, possui, na parte Sul, um alto muro ameado no qual se abre um portão
em cujo frontão, encimado por cruz, sobressai uma delida pedra de armas. Esta pedra de armas, um escudo partido em
pala, que na primeira tem as armas dos Gayos e na segunda a dos FELGUEIRAS e é encimado por um Elmo aberto, com
virol e timbre dos Gayos (castelo sobrepujado por uma bandeira de arminhos).

A Casa de Fervença foi morgadio, instituído em 1561, com capela na Igreja Matriz de Vila do Conde e os seus Senhores,
conforme documentos autênticos, não só são descendentes dos GAYOS, dos FELGUEIRAS, dos ARAÚJOS, dos MAIAS, dos
MACHADOS, dos PAES, dos FARIAS do Castelo de Faria, dos VASCONCELOS, dos MELLOS, dos SILVAS, dos MENEZES, dos
LIRA, dos MOSCOSOS, dos PONCE DE LEON, dos CURUTELOS, dos RIBEIROS, dos LAGO, etc., mas também, de D.
RAMIRO III, Rei de Leão.

 

A Cache

 

Cache do Tamanho Normal, com logbook, sem material de escrita.

Deixe o local como o encontrou, proteja o seu património.

Coloquem a Cache na mesma forma que encontrada para garantir a sua longevidade.

Obrigado pela visita :)

 

Additional Hints (Decrypt)

N pnpur tbfgn qr npbapurtb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)