Traditional Geocache

Barragem de Alqueva

A cache by clcortez Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 9/19/2004
In Évora, Portugal
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


                                                                  BARRAGEM DE ALQUEVA

 

Bem vindos a esta cache que nos leva a visitar a Barragem de Alqueva. Aproveite o passeio e percorra a totalidade do paredão, observando e contemplando a imensidão quer de água a montante quer de cimento e de infra-estruturas a jusante. Este foi desde a sua abertura um ponto de romaria e todos os fins de semana centenas de pessoas vindas de todo o país e Espanha a visitam. De facto, merece a visita. 

Esta cache é acima de tudo para dar a conhecer apenas a principal construção e o ponto nevrálgico desta enorme barragem. Futuramente irei dar mais a conhecer...:)

A Barragem

Localizado      em      pleno      Alentejo,    o Empreendimento    de   Fins   Múltiplos  de  Alqueva  tem  influência  directa  quer   nos concelhos abrangidos   pela  albufeira   de  Alqueva  quer   naqueles  que   beneficiam   com  a instalação  de novos  perímetros de rega.
São  19   os   concelhos  do  Alto  e  Baixo Alentejo,  nas  margens direita e esquerda do   Rio  Guadiana    abrangidos  por  este Empreendimento.
O  Empreendimento   desenvolve-se a  partir da barragem  de  Alqueva,  instalada  no rio Guadiana, imediatamente a  jusante  da     confluência    do    rio   Degebe   e   a montante  da   confluência   do   rio   Ardila.
A  albufeira de Alqueva  estende-se por  83 km ao longo dos  concelhos  de Moura,  Portel, Mourão, Reguengos  de  Monsaraz   e  Alandroal e terá  uma  capacidade  total  de 4 150 milhões de m3,  sendo  de 3 150 milhões  de  m3  o  seu   volume   utilizável   em exploração normal.  A albufeira extende-se por  83  quilómetros, com  um espelho de água com 250 Km2 e com margens a ultrapassarem os mil km de extensão.

As  primeiras  referências  à  necessidade de criar  uma reserva de água  no rio Guadiana,  em  pleno  Alentejo,  surgem  há  pelo  menos  100  anos,  embora  o Projecto, enquanto  Empreendimento de Fins Múltiplos,  date de 1957, altura em que foi criado o Plano de Rega do Alentejo.
Identificada  a  origem  de  água  no  Guadiana,  rio internacional partilhado com Espanha,  foi  necessário  estabelecer  um  acordo  que  regulasse  a  utilização deste recurso. Foi então celebrado o Convénio Internacional Luso Espanhol que veio atribuir a  Portugal  a exploração  hidráulica do troço internacional  deste rio entre  as  confluências  do  rio  Caia  e  a  da  ribeira de Cuncos. Este Convénio, assinado  em  1968,  previa  a  construção  da  barragem de Alqueva,  elemento fulcral do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

Entre avanços e recuos ficaram na história a decisão governamental de 1975 de dar corpo ao  Empreendimento e o início dos trabalhos em  Alqueva,  em 1976.
As  obras   preliminares  duraram  apenas   2   anos,   tempo  para  construir   as ensecadeiras de montante e jusante,Clique para visualizar uma imagem maior
o túnel de desvio provisório do rio,  os  acessos  e  infraestruturas   de apoio.

As obras foram interrompidas  em     1978.
O Empreendimento  entrou  então numa  fase de avaliações e novos estudos tendo o Governo decidido retomar o Projecto em 1993.   Foi então      criada      a      Comissão Instaladora     da     Empresa     do     Alqueva que preparou   e    lançou   os    primeiros    concursos   públicos    internacionais   com   vista  à  retoma do Empreendimento.  Dois anos  mais  tarde   essa  Comissão deu  lugar  à  EDIA  Empresa e Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S. A..
Os   trabalhos  são  reiniciados  em   1995  e  em  Maio  de  1998  têm  lugar  as primeiras betonagens que dão corpo à mais desejada obra no Alentejo.

Em Janeiro de 2002 o corpo principal da Barragem fica concluído, tendo sido encerradas as comportas de fundo e meio fundo, o que permitiu o início do enchimento da albufeira a 08 de Fevereiro.

 

ÁREA DE INFLUÊNCIA DO EMPREENDIMENTO DE FINS MÚLTIPLOS DE ALQUEVA

Concelhos total ou parcialmente abrangidos

Alentejo

Albufeira de Alqueva

Área de Influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva

Alandroal
Alcácer do Sal
Aljustrel
Alvito
Barrancos
Beja
Cuba
Elvas
Évora
Ferreira do Alentejo
Grândola
Moura
Mourão
Portel
Reguengos de Monsaraz
Santiago do Cacém
Serpa
Viana do Alentejo
Vidigueira

As datas mais importantes

1968

Celebração  do  Convénio  Luso  Espanhol  para utilização dos rios internacionais

1975

Aprovaçãopelo Conselho de Ministros da realização do Projecto

1976

Início das obras  preliminares  (ensecadeira/infraestruturas de apoio à obra)

1978

Interrupção das obras

1980

Nova  Resolução  do  Conselho  de  Ministros   determina a retoma dos trabalhos

1985/87

Estudo de Impacte Ambiental

1992

Avaliação     global     de     Impacte     Ambiental    da   componente hidroeléctrica

1993

Decisão      do      Conselho      de     Ministros     para      retoma     do Empreendimento

1993

Criação da Comissão Instaladora da Empresa do Alqueva (CIEA)

1994/95

Estudo Integrado de Impacte Ambiental

1995

Criação  da  Empresa  de  Desenvolvimento  e  Infraestruturas  do Alqueva, EDIA, SA

1995

Reinicio dos trabalhosem Alqueva

1996

Através   da    Resolução   do   Conselho   de   Ministros   nº 8/96,  o Governo   assume  "avançar  inequivocamente  com   o   projecto   do Alqueva" com ou sem financiamento comunitário

1996

Adjudicação    da    empreitada    principal   de  construção  civil  da barragem e central de Alqueva

1997

Integração    no    QCA    94/99    do     Programa     Específico     de Desenvolvimento  Integrado  da  Zona  do  Alqueva  (PEDIZA) que consolida o envolvimento da Comunidade Europeia no Projecto

1998

Inicio das betonagensna Barragem de Alqueva.

1999

Adjudicação  da  empreitada   de   construção   das   habitações  e comércios da Nova Aldeia da Luz

2000

Adjudicação da empreitada para  a execução do primeiro bloco de rega do Sistema Global de Rega de Alqueva

2002

Encerramento das Comportas da Barragem de Alqueva e início do enchimento da Albufeira

2002

Inaugurado o 1º Bloco da 2ª Fase do Perímetro de Rega de Odivelas

2002

Inauguração da Nova Aldeia da Luz

2002

Abertura ao trânsito da estrada Portel/Moura sobre o coroamento da Barragem do Alqueva

Outros promenores

Central   hidroeléctrica   em   Alqueva Dotada de duas  Turbinas/Bomba  com  120  mw  de  potência cada   uma,   esta   Central    produzirá    380    giga watts/hora/ano, energia que será canalizada para a rede eléctrica Nacional.  Em  termos  comparativos, esta  energia  seria  o  dobro  da   necessária  para abastecer os concelhos de Beja e Évora.

 

Barragem   de   Pedrogão,   Localizada  a  cerca de 23  km a jusante da barragem de Alqueva, esta infraestrutura criará  uma  albufeira de contra-embalse em Alqueva, indispensável  para  recuperar as águas utilizadas na produção de energia eléctrica
e posterior retorno à albufeira de Alqueva.
A sua altura máxima será de 39 metros e o volume utilizável é de 54 hm3.
A barragem de Pedrógão será igualmente equipada com uma central hidroeléctrica com dois grupos de 4,9 mw cada.

 

A cache : 

Esta cache está escondida junto às placas que simbolizam a inauguração oficial da barragem. Ao percorrerem o paredão perceberão que não havia outra hipótese senão esconde-la onde está...o paredão não tem qualquer orifício, buraco ou cavidade que dê sequer para uma micro.Procure-a discretamente e no fim deixe a cache bem escondida!

Esta cache é uma caixa de rolo fotográfico.. 

O conteúdo inicial é o  logbook, lápis e afia. Não se esqueça de o assinar!

Não se esqueça: "Cache in, Trash out!"

English

For an english translation, please send me an e-mail and I'll be glad to send it to you.

   Português (versão original) ¤ menu > início :: Barragem de Alqueva translate / traduire:    English   Français   

Quer saber mais sobre o Geocaching em Portugal?
Adere ao grupo de discussão e visita os sites http://www.geocaching-pt.net/,
GeoPorStats
e os mapas com a localização das caches portuguesas

Would you like to know more about Geocaching in Portugal?
Join the discussion group and visit http://www.geocaching-pt.net/,
GeoPorStats and the maps with the location of the portuguese caches

 

Additional Hints (Decrypt)

Cnerpr-zr óoivb...fb cbqr rfgne ahz qryrf,aé?

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

771 Logged Visits

Found it 716     Didn't find it 28     Write note 13     Temporarily Disable Listing 3     Enable Listing 3     Needs Maintenance 3     Owner Maintenance 4     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 226 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 6/25/2017 6:54:52 AM Pacific Daylight Time (1:54 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum