Skip to content

<

PROj.TAURO | ARENA d’ÉVORA

A cache by KER_CACHE'Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/16/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Enquadramento:

«PROJECTO: TAUROMAQUIA NO ALENTEJO»

A Tauromaquia é toda a Cultura que envolve os touros. Esta começa nas Ganadarias (onde se criam os touros), espaços associados a grandes campos com espaço a perder de vista, passa pelas Coudelarias (onde se criam os cavalos), peças fundamentais na tauromaquia por serem necessários desde a criação dos touros até à sua lide, passa também pelos Trajes típicos associados aos touros, do traje dos Campinos (inspirado no traje típico do Ribatejo), dos Cavaleiros (traje de montar a cavalo no século XVIII), dos Forcados (inspirado no traje dos campinos), dos Cavaleiros Amadores (traje tradicional português ou tradicional espanhol de montar a cavalo), dos Toureiros ("traje de luces"), dos Picadores (nas corridas em Espanha), dos Peões de Brega ou mesmo dos cavalos nas cortesias, entre outros, pelas Festas e Feiras tauromáquicas, das Largadas de touros, Garraiadas, Largadas à Corda etc., pelos Passodobles, estilo de música "de banda", muito antigo e criado com o propósito de dar ambiente às lides de touros, pelos bastantes Fados, Sevilhanas ou Flamencos de temática tauromáquica, pelos modos de vida das pessoas ligadas aos touros como os Ganaderos, Campinos, Cavaleiros Amadores, e passa por muitos e muitos outros exemplos da cultura tauromáquica, da qual dependem directa ou indirectamente dezenas, talvez centenas de milhares de pessoas em todo o mundo.

A tourada fez parte das origens de Portugal. De entre a realeza, aqueles que foram reais toureiros foram D. Sancho II, D. Sebastião, D. Afonso VI, D. Pedro II, D. Miguel e D. Carlos I. Todos toureavam a cavalo, mas D. Pedro II chegou a enfrentar o touro a pé. O que mais contribuiu para o desenvolvimento das touradas terá sido D. Sebastião que pediu ao Papa Gregório que revogasse a Bula Pontifícia de Pio V que proibia as touradas.

As touradas como as conhecemos hoje nasceram no Iluminismo, entre o século XVII e XVIII, e realizavam-se nas praças públicas das cidades. Em Lisboa, a Praça do Comércio e o Rossio eram os locais usados para as touradas. Desde o século XVIII, as touradas começaram a realizar-se em recintos fechados criados para correr os toiros, as atuais Praças de Toiros.

Em Portugal, 32 Municípios declararam a Tauromaquia como Património Imaterial e Cultural, assim como a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), que inclui todo o distrito de Évora. Existe, actualmente, um projecto de elevar a Tauromaquia a Património da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

--------

Esta Cache está englobada num conjunto de caches destinadas a geo-referenciar lugares e figuras proeminentes da história e cultura tauromáquica do Alentejo.

Como é nosso timbre, convidamos-vos a visitar cada local, a apreciar cada particularidade de cada um dos pontos apresentados. Registe o momento e partilhe com a comunidade GeoCaching.


PROj.TAURO | ARENA d'ÉVORA

Praça de Toiros - 2ª Categoria

Inaugurada a 19 de Maio de 1889 | Re-Inaugurada a 24 de Junho de 2007

Lotação: 5.000 Lugares

 

A Praça de Touros de Évora, também denominada Arena d’Évora, foi inaugurada a 19 de Maio de 1889, com uma corrida de toiros, sob a presidência d’El Rei D. Luís I e com a presença da Família Real e da Corte. A sua construção deveu-se ao empenho de António Torres Vaz Freire. O grande proprietário alentejano, falecido em 1973, constituiu uma Sociedade com essa finalidade, adquirindo posteriormente a totalidade das quotas. A sua exploração foi mais tarde cedida à Tertúlia Tauromáquica Alentejana.

Considerada durante alguns anos a melhor do país, foi concebida para 5000 aficionados e chegou a acolher, na sua época de ouro, os nomes mais importantes do toureio em Portugal, mas o ciclo de decadência foi-se acentuando, passando a ser utilizada apenas uma vez por ano, durante as festas tradicionais de S. João e S. Pedro.

Com o decurso dos anos entrou num estado de má conservação e pouca utilização. Neste sentido a Câmara Municipal de Évora firmou em 2003 com os proprietários particulares um contrato de cedência da Praça pelo Período de 25 anos, após a realização de obras de requalificação e transformação em espaço multiusos coberto, num projecto do Arquitecto Carlos Guedes de Amorim, designado «ARENA D’EVORA». 

Após o decurso das obras a reabertura da Praça decorreu a 24 de Junho de 2007 com a realização de uma corrida de toiros.

Agenda Cultural da Arena d’Évora: https://www.viralagenda.com/pt/p/219970114736268

In: http://www4.cm-evora.pt/pt/conteudos/municipio/equipamentos%20municipais/arena%20de%20evora/Arena%20dEvora.htm

&: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pra%C3%A7a_de_Toiros_de_%C3%89vora


Geo.Tauromaquia no Alentejo:


Tome Nota:

  • Considere os atributos indicados. Podem ser uma boa ajuda;
  • Seja discreto e tenha atenção aos Muggle’s que possam eventualmente estar a observa-lo. A manutenção desta cache para os próximos visitantes depende disso;
  • Preserve o Container, manuseando-o com cuidado e voltando a coloca-lo no exato sitio onde o encontrou;
  • Esta Cache não contem material de escrita. Deve levar material de escrita consigo;
  • Respeite o espaço e as regras do Geocaching não danificando o local, nem deixando qualquer tipo de resíduos/lixo;
  • Divirta-se!

Sinta-se convidado a conhecer as nossas Geo-Aventuras: As que vivemos alegremente e as que propomos humildemente. Encontre-nos «aqui»!

Additional Hints (Decrypt)

Fby bh Fbzoen?

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.