View Geocache Log

Write note Real O' Team posted a note for The Grey Havens

Friday, March 25, 2016Lisboa, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Chegados à crista das pedras, surge o patamar de resposta à Earthcache que ali se encontra. Enquanto o Príncipe lia os desafios propostos e fazia contas alto ao tamanho de filões e margens de arrefecimento, a Princesa perguntava-se por onde seria suposto continuar, e onde andaria a tão afamada "ponte de cordas"?

Quando vimos as perguntas respondidas e que era altura de avançar, apareceu o primeiro friozinho na barriga: pendura-te aí na pedra, pé num apoio mínimo, outro pé a boa distância, e reza duas avé-marias e três pai-nossos para que não te escorregue nada e não vás parar ao charco (que, a bem dizer, não era charco àquela hora, que a maré ainda subia... Mas tinha uma altura bem considerável, sim senhor!). Força nos braços, capacidades de Homem-Aranha que se brotam em momentos de aflição, e pimbas, obstáculo ultrapassado!

"Não quero pensar como vamos sair daqui, depois. Mas vamos lá, um problema de cada vez!!"

Acabava a Princesa de proferir tais palavras, e sai da boca do Príncipe a frase que faz valer o segundo friozinho na barriga: "Estão aqui as cordas!"

E, tal como dizem os logs, que belas são... O Príncipe lá se apoiou nelas para passar até ao outro lado, mas a Princesa não estava muito convencida, portanto ia de ladex, apoiada nas rochas que existem, e, utilizando a corda apenas nos últimos metros, rapidamente se fez chegar ao outro lado. Quando ambos estavam sãos e salvos no lado de lá, foi feita festa, ainda antes de descobrir a cache!! GPSr ligado, bússola a indicar a distância, e eram tão poucos os metros para a alcançar!! Ainda vimos um pouco mais acima, mas, ao olhar para trás, não houve dúvidas: tinha de ser ali! Quando o Príncipe lhe deitou a mão, uma luz divina caiu dos céus e ouviram-se anjos a cantar: LÁ ESTAVA ELA!! Foi o Júbilo! A alegria!! A felicidadeeeeee!! JÁ CÁ CANTA!!!

Com toda a aventura e aquele pico da formação rochosa ali mesmo, não houve medo que se fizesse sentir:

"Quero uma foto lá em cima!!"
"Eu também!!"

E lá se seguiu a sessão de sobe e desce para umas fotos, uns adeus aos turistas, que tão pequeninos pareciam, que visitavam o Cabo da Roca a sul, e outro adeus aos homens do marisco, que ainda subiam a encosta!!

Claro que, sendo que tínhamos uma GC conosco, entregue pelo O'Fanatic para a deixarmos numa cache que valesse a pena, tivemos de fazer o drop nesta menina! Sem qualquer dúvida uma das melhores que já fizemos, não só pelo desafio proporcionado, mas também pela mística que a envolve!!

Escusado será dizer que, depois desta, estamos cheios de coragem para nos mandarmos a umas quantas do género que existem pela zona Venha o bom tempo!!

Por toda a aventura, mística, paisagem, envolvência, ALMA desta cache, deixamos o nosso favorito. Não deixamos mais, só e apenas porque não dá!

TFTC

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us