View Geocache Log

Found it Käppa found Vido

Sunday, February 2, 2014Viana do Castelo, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

…::: FTF :::…

#3.978 - #3.985

13h27m

----> PNPG + SNOW = AMAZING <----

Chegava o grande objectivo do dia!

A quantidade de neve na zona onde estacionámos ainda deixava mais dúvidas… Será que conseguimos chegar à cache? Será que está no topo? Será um FTF? Será uma tentativa falhada? O único aspecto que me dava esperanças era a classificação do terreno… 3!!

Mas não estávamos aqui para ficar no carro a questionarmo-nos se conseguíamos ou não… Viemos para encontrar a cache e só havia uma forma, pôr pés ao caminho!

Botas bem apertadas, casacos cerrados, luvas calçadas e mochilas às costas, estávamos prontos para a aventura!

O António tinha marcado no GPS o ponto de melhor acesso à cache, mas o nevoeiro e a quantidade enorme de carros e de pessoas que estavam ali a brincar na neve, induziu-nos em erro e levou-nos por outro caminho.

Assim que entramos no trilho os pés ficaram encharcados, mas desde que nos mantivéssemos em movimento dificilmente se sentia o frio!!! A queda de neve era constante. O cenário estava verdadeiramente deslumbrante.

Assim que chegamos a um planalto o manto de neve era de tal ordem alto que quase chegava aos joelhos.

Aqui saciei o meu desejo… Encontrei neve… MUITA NEVE!

A cerca de 300 metros do GZ, veio a consequência pelo nosso erro inicial na escolha do trilho… No dia anterior estive a analisar o mapa e sabia que tinha de contornar o bloco granítico pela direita, mas neste momento estávamos precisamente do lado oposto!
Se até ali a componente de escalada tinha sido diminuta, dali em diante a adrenalina subiu quando as paredes apareceram e tivemos de escalar. Estávamos completamente expostos, uma queda teria graves consequências. A ideia de voltar para trás passou-nos pela cabeça, mas logo a seguir vinha o pensamento positivo… Secalhar depois de passar isto encontrámos um caminho melhor, mas o tal caminho melhor tardava em aparecer!!!

De barriga na neve lá fomos trepando pelas pedras acima, para tentar não escorregar, nalgumas era inevitável, mas quando era preciso lá estava a mão amiga para nos amparar…

Passamos a rastejar por uma fenda em que mal cabíamos, mas do outro lado havia luz, por isso o caminho era por ali. Fomos subindo como podíamos, mas chegou a uma altura que à nossa frente só havia um precipício! Neste momento o medo fez-se sentir, mas tudo fiz para não o demonstrar e desta forma manter a calma! A única solução era recuar alguns metros e para isso usámos a famosa técnica do “sku”!!

(continua - 1/2)

AK team @ PNPG

Additional Images Additional Images

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

AK team @ PNPG log image AK team @ PNPG

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us