Skip to Content

View Geocache Log

Found it Gatarron found Evoramonte [Estremoz]

Saturday, September 15, 2018Évora, Portugal

#3562

Fim de semana em Estremoz, uma terra a que é sempre agradável voltar e conhecer mais um pouco através do Geocaching. A tarde foi reservada para explorar Évoramonte e as caches que aqui existem, qualquer uma delas de excelente qualidade, mais que não fosse pela excelência do local. A minha última, e única, passagem por Évoramonte foi antes da minha fase de Geocaching, por isso aproveitei para recuperar a oportunidade perdida.

O desafio começou logo em Estremoz, também uma vila alcandorada e fortificada, com uma torre mais antiga e bem trabalhada em mármore, mas a uma altura bem menos impressionante do que o o Castelo de Évoramonte. Estremoz, ainda que bem bonita posta que está naquele alto, não tem um domínio territorial tão extenso como Évoramonte, a quem nem a Serra de Ossa faz sombra. Quem passa nas estradas em volta e vê este ponto elevado ao longe recortado contra o céu, deve lutar nem que seja por um brevíssimo instante contra a atração de ir até lá e seguir a atração que parece puxar até lá acima. Eu deixei-me levar e ser puxado, sem resistir. Foi para isso que cá vim.

Deixei o carro às portas da fortificação e fui visitar Plutão, o último planeta do impressionante sistema solar à escala que está espalhado pelo concelho de Estremoz antes de começar a fazer contas à cache. Achei que esta estaria cá fora num lugar discreto e cioso do cumprimento das guidelines do Geocaching, mas o telemóvel mandava-me ir mesmo lá para dentro. A dica é muito detalhada, não há como enganar, e o esconderijo da cache é todo um símbolo da antiguidade e abandono do local.

Depois de cumprido o dever geocachiano visitei o resto da... do... quê? Não sei como categorizar Évoramonte. É mais que um castelo, porque tem casas dentro e ruas que as servem, mas parece menos que uma aldeia pois não se vê ninguém que não seja turista e o crescimento urbano ocorreu todo lá em baixo, no casario do sopé. Embora se ouça, pelas ruas, o som de programas de televisão que vem de dentro das casas, à porta das quais se enxuga roupa no estendal. Chamo-lhe sítio, porque não tem a individualidade de Monsaraz e está inteiramente subordinado àquela fortificação que parece ser feita de formas de bolos, ou de baldes de areia da praia, e que criaram o modelo para muitos castelos de areia antes de ser hábito levar as crianças à praia. É um sítio magnético, que governa uma paisagem desmedida, daqueles sítios feitos para lá irmos abrir a boca de espanto perante a coisa tão grande que é o mundo.

À hora a que vim já estava tudo fechado, e não pude visitar nenhum monumento. Quem é que fecha a esta hora, quando a luz está no ponto perfeito para tornar mágicos os contornos da arquitetura? Não faz mal. O sítio valeu a pena apenas por estar lá.

Obrigado clcortez pela cache!

O último planeta

Additional Images Additional Images

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page