Skip to Content

View Geocache Log

Found it Gatarron found Cântaro Gordo

Saturday, June 16, 2018Guarda, Portugal

#3237

Na primeira vez que vim à Estrela depois de ter conhecido o Geocaching, tudo me pareceu diferente. Tinha adquirido um novo olhar sobre as coisas à conta de ler as páginas de cada cache, de absorver informação que me permitia contextualizar tudo o que estava à minha. A paisagem era como um livro escrito numa língua recém-descoberta, com novos significados até aí desconhecidos a saltarem de cada página. Descobri os Cântaros e este milagre da criação que anda à volta do Covão Cimeiro, esculpido por um glaciar. Nessa altura, em que explorava à frente do computador as caches da Serra, a cache do Cântaro saltou à vista. Uma cache que demora de cinco a oito horas a ser feita é um monumento digno de respeito, que se torna tão irresistível quanto mais inacessível nos parece.

Foi hoje, depois de não ter sido o ano passado. Eu e o @fcarioca passámos a semana a estudar percursos na internet e chegámos a um projeto de abordagem a partir ou das pistas de ski, ou do Cântaro Magro, mas com direção ao Covão Cimeiro, de onde se subiria até ao ombro do Cântaro Gordo para descer ao ponto inicial da cache na Lagoa. Havia vários que, embora se complementassem, não se cruzavam. Por isso partimos com uma ideia de percurso com base em todos os que tínhamos visto, e que queríamos pôr à prova.

Estacionámos o carro junto ao Cântaro Magro e fizemos um breve reconhecimento com o olhar ao território. Já não era cedo, estávamos ansiosos por começar e havia ali em baixo a cache do Opel Corsa voador, por isso decidimos sair já dali. E assim respirei fundo ao atravessar a baia de segurança do estacionamento, acolhendo a inquietação pela incerteza da aventura que nos esperava, e que só desaparece quando se chega ao fim com sucesso.

Pela encosta do Cântaro Magro abaixo a primeira preocupação é a de ver onde os pés vão assentando um depois do outro, para não resvalar por aí abaixo, mas há sempre tempo para parar, levantar os olhos e respirar um pouco, apenas para perder o ar logo de seguida com a paisagem que temos à nossa volta. À medida que progredimos lá para baixo, as pedras tornam-se maiores e a vegetação torna-se mais frondosa, como que encontrando alguma vivacidade da água do regato que ali passa, e que mais à frente será Zêzere. Torna-se mais difícil encontrar caminho firme que não esteja coberto de vegetação, e será necessário atravessar o ribeiro de alguma forma. Começam a surgir vestígios de a vegetação ter sido pisada e adivinha-se uma rota já percorrida, improvisando-se uma ponte sobre o estreito curso de água, o suficiente para não molhar os pés.

Num instante (que é força de expressão, claro) estamos no leito da cirque da Estrela, onde aterrava o glaciar que criou o que está à nossa volta. A paisagem passa a ser uma espécie de pântano, um impasse de águas do degelo retidas pela interrupção do declive antes do Covão da Ametade. Avançamos com alguma dificuldade por uma superfície fofa de erva em que é exigido um esforço adicional aos pés e aos bastões para não se enterrarem, por entre poças de água, algumas das quais já justificam o nome de lagoa.

Começamos a subida para o que poderemos chamar o ombro do Cântaro Gordo chegando a um trilho marcado nos mapas mas também nas pedras, com as reconhecíveis riscas amarelas e vermelhas do PR. Só que este percurso prossegue confortavelmente em direção às pistas de ski, e nós ainda vamos descer até à Lagoa dos Cântaros, onde começa a multi-cache. Cá de cima vemos movimento no que parece ser o ponto inicial. Há mais gente nesta aventura, e essa companhia, mesmo que a uma certa distância, dá-me de um certo consolo no meio da desolação da Serra em que nos encontramos.

(continua em baixo)

GCRYM3 Cântaro Gordo I

Additional Images Additional Images

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page