Skip to Content

View Geocache Log

Found it pricteixeira found O Merle

Tuesday, April 11, 2017Aveiro, Portugal

Finalmente encontrei mais uma daquelas caches que mais ansiava por visitar, depois de duas tentativas falhadas e de algumas análises mal feitas aos meus DNF´ s, este caixote crescia em importância na minha lista de tesouros a procurar. De novo na primeira abordagem voltei a insistir no erro que invariavelmente me afastava do caminho certo, mas desta vez e contrariando o teimoso do meu GPS, lá encontrei o rumo certo. O caminho em terra, poeirento, cheio de buracos enormes e vazio de qualquer interesse cedo chegou ao fim, mostrando outro bem mais apetitoso. Olhei para o GPS e ainda faltavam umas boas centenas de metros até à cache, seguia agora com uma satisfação crescente no corpo por aquele trilho improvisado que os poucos que se aventuraram por aqui subtilmente deixaram na sua passagem.

Eu ia dizer que foi quase drive in, mas não no sentido directo da frase, o que eu queria dizer é que quase fui conduzido ao lugar certo por alguém que recentemente deve ter passado por ali. O caixote é uma coisa simples, o logbook carcomido pelo tempo mais parece um antigo papiro que vai cedendo à passagem do tempo e por isso junto dele deixei uma das minhas folhas para aqueles geocachers mais exigentes. O meu registo, esse deixei-o orgulhosamente no logbook original, envolvi os dois num pequeno saco de plástico que os protege um pouco mais da humidade e espero que assim o papel original continue ali por muito mais tempo.

Como já o disse por várias vezes, sou um geocacher que gosta de todo o tipo de caches e não vou mentir dizendo que as caches de antigamente é que são boas...não, mais facilmente dou um favorito a uma cache elaborada, onde se sente facilmente a dedicação do dono a ela quando se vê algo novo e cheio de bonitos pormenores. No entanto, são caches como esta que muitos desprezam, ora porque dão muito trabalho a encontrar, porque se gasta muito tempo até se chegar a ela ou então porque o caixote é afinal de contas um simples rolo fotográfico e apesar de tudo isso quando lhes dou um favorito é sem dúvida dos mais sentidos. São estas caches que heroicamente resistem à passagem do tempo, às modas dos que se desiludem facilmente, caches que quase parecem querer dizer dizer que estão aqui e aqui querem ficar por muito tempo. Caixotes que nos dizem por exemplo "- Se não fosse eu o que estarias tu a fazer de melhor em vez disto ; - não olhes para mim, o que quero que vejas está à minha volta, aprecia-o ; - sente o silêncio, sossega e acorda para a beleza deste lugar... "

É claro que as caches não pensam, muito menos são capazes de falar, mas quando me fazem sentir tão bem tanto quanto esta o fez, o meu favorito torna-se um prémio demasiado pequeno pelo tanto que recebi ao visitar este caixote. Eram 9:00 da manhã, se não fosse esta cache estaria a dormir com o cérebro desligado e por dormir demais iria acordar com uma enxaqueca monumental, ia passar o resto do dia agoniado como castigo pela minha preguiça e por isso vim atrás deste caixote. Um remédio natural, cheio de descobertas inesperadas e que no final do dia me deixam com aquela sensação agradável de ter feito a melhor das escolhas possíveis.

Parabéns pela bonita cache que criaram aqui e um grande bem haja por fazerem estes caixotes para delícia dos outros...a morte anunciada do Merle veio a ser hoje o melhor momento do meu dia, obrigado.

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page