Skip to Content

View Geocache Log

Found it Gatarron found Malhada do Louriçal

Saturday, March 11, 2017Lisboa, Portugal

#1872

Jornada de Geocaching pelo Cabo da Roca, a conhecer as caches do Fim da Europa semeadas pelas escarpas monumentais de granito rosa da Ocidental Praia Lusitana, onde a terra acaba e o mar começa. Uma aventura na companhia do fcarioca e do Scalpelman, em que andei o dia todo convencido que já era dia 12 de março, pelo que todas as caches foram registadas no logbook com essa data.

A Malhada do Louriçal era o objetivo principal do dia e nem se pode dizer que podíamos deixar o melhor para o fim, pois a necessidade de aproveitar a maré baixa para chegarmos ao rochedo obrigou-nos a lá irmos assim que chegámos. Durante a semana, o respeito (e receio) pelo desafio imposto ia-se avolumando à medida que ia lendo os registos anteriores e analisando as fotografias, e lia histórias de cordas para segurar e de pernas a tremer. Por isso, abordei a cache com a natural reserva de não forçar nenhum risco desnecessário e de vir costas se o cenário não me parecesse de feição.

Curiosamente, o cenário foi parecendo (pelo menos a mim) mais favorável à medida que nos aproximávamos, vindos dos trilhos que mal se conseguiam distinguir nas paredes do desfiladeiro íngreme que dá acesso às duas caches mais ocidentais de todas, que não era o acesso recomendado para a praia da Malhada, mas foi o que tomámos. Víamos a corda que subia pela passagem lateral da rocha, e a passagem até nem parecia muito estreita. O que era cada vez mais estreita era a faixa de pedregulhos por onde devíamos atravessar que víamos lá em baixo, a diminuir pelo avanço da maré.

Chegámos à base do colosso de granito e começámos a avançar pelo seu dorso oblíquo, um avanço que ajuda a criar confiança até chegarmos ao estreito da corda. Eu tentei como podia não espreitar para dar de caras com o abismo que havia lá em baixo, procurando evitar a vertigem, e acabei por conseguir dominar a situação, respirando fundo e mantendo-me colado à rocha o mais possível.

Os primeiros passos dão-se com relativo à vontade, e a corda fornece realmente uma segurança mais tranquilizadora. O momento mais crítico é quando a passagem encolhe por cima e pelos lados, e somos obrigados a prostrar-nos para passar por baixo da rocha, ao mesmo tempo que o caminho se torna mais estreito e o mar parece mais perto, com as ondas a rugirem mais alto.

Depois disso, recupera-se a confiança, e quase renascemos para avançarmos triunfalmente até ao topo, onde a cache nos aguarda muito singelamente num recipiente Compal. E até este elemento, escolhido propositadamente, é carregado de simbolismo: uma cache como esta não precisa de um grande container para ser grande, depois de toda a experiência por que nos faz passar. Uma filosofia de Geocaching com a qual me identifico completamente.

No topo ainda pensámos brevemente em regressar pela corda de funambulismo que alguém instalou a ligar o topo do rochedo até ao alto do Cabo da Roca. Gostávamos mesmo ter de ter visto alguém a tentar a travessia, e a manter o equilíbrio com todo aquele vento. Umas fotos triunfais para documentar devidamente o momento e depois iniciamos a travessia de regresso, com o mesmo cuidado, mas com maior segurança pela certeza de que já vencemos este obstáculo uma vez. E que venham outras aventuras em caches assim.

Obrigado pela cache, que entra muito naturalmente para a minha lista de favoritos, e em lugar de destaque.

Colosso ao longe (ainda)

Additional Images Additional Images

Colosso ao longe (ainda) Colosso ao longe (ainda)

Caminho tramado Caminho tramado

Caminho alternativo Caminho alternativo

Team Team

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page