Skip to Content

View Geocache Log

Announcement Valente Cruz made an announcement about Rio de Frades inCITO

Sunday, July 8, 2018Aveiro, Portugal

Passaram 5 anos desde que havia organizado um evento de recolha de lixo – CITO – em Rio de Frades, um paraíso perdido nas entranhas da Serra da Freita. É sempre bom regressar a este local, tão magnífico pela sua beleza natural, quão enigmático pelos seus segredos. Chegámos à aldeia a meio de uma manhã de nevoeiro, que logo depois abriu para um dia de calor à beira-rio. Após um apontamento inicial lá seguimos pelo Caminho do Carteiro na direção de Cabreiros, no encalço de um percurso histórico.

Após uma subida inicial, o percurso prossegue a meio da encosta, com rio em cenário de fundo. Para onde quer que se olhe é possível descortinar vestígios de exploração mineira, quer seja pelas entradas das minas, os trilhos rasgados na paisagem ou pelas escombreiras deixadas ao esquecimento do tempo. Na chegada à ponte deixámos o percurso e fomos até às primeiras cascatas/lagoas, onde inicia o percurso de canyoning do troço inferior. Para os mais aventureiros começava então percurso mais radical pelo rio, que é dos meus preferidos por aquelas bandas, enquanto a maioria voltou para trás pelo mesmo trajeto. Apesar da tecnicidade, o grupo soube ultrapassar os obstáculos, incluindo uma descida por uma frecha escarpada. Chegados à parte superior da cascata Indiana (Poço Oito), num cenário incrível, subimos então por uma linha de água e fomos reencontrar o Caminho do Carteiro.

De volta à aldeia, seguimos na direção do túnel para um almoço à beira-rio. Um dos encantos desta zona é precisamente atravessar a escuridão do acesso ao rio e desvendar em primeiro plano aquela cascata, num cenário de beleza natural que nos prende o olhar. Depois do repasto iniciou-se a subida do rio. Como o inverno foi longo, o rio acabou por ter mais água, pelo que foi necessário molhar os pés mais cedo e ter outros cuidados nas passagens mais escorregadias. Com os obstáculos vencidos chegámos por fim a um dos locais mais fantásticos que conheço. Tudo ali parece perfeito, desde a sua inacessibilidade, as cascatas sucessivas, as lagoas de águas cristalinas com as cores da natureza e do céu e, é claro, aquela misteriosa gruta por trás da cascata. Apesar de a água estar fria, seguiram-se várias tentativas de chegar ao cálice, enquanto o resto do grupo assistia desde o conforto da beira-lagoa. Recordei então um dos momentos mais incríveis de que tenho lembrança, quando, entre o mito e a realidade, sem saber muito bem ao que ia, entrei pela primeira vez naquela gruta, depois de uma descida pela cascata. Inesquecível!

Com ajuda de uma corda, outro material e muita experiência, o Indiana Joom lá conseguiu vencer o desafio e soube merecer a descoberta. Entretanto, chegara à cascata mais um grupo de canyoning e ainda estivemos a ver as manobras. Chegou depois o momento de regressar e descemos o rio até à zona da mina. Porém, a aventura ainda não tinha terminado. Faltava descer mais um pouco, até à cascata Abismo. O percurso é um pouco menos técnico e mais rápido, mas também não é propriamente fácil. Todavia, o grupo soube ultrapassar os obstáculos e encontrámos mais um cenário fantástico, com uma cascata vertiginosa e mais uma lagoa encantadora. Ao lado, sobre a cascata, um pequeno labirinto de minas. Depois da descoberta, descemos até à lagoa para o último banho do dia. Dali retornámos a Rio de Frades.

Num cenário paradísico, entre o espanto e a meio da aventura, no Caminho do Carteiro e nos percursos de rio, fomos recolhendo o lixo perdido, deixado pelo desleixo de outros e/ou trazido pelas águas invernais. No final, ainda deu para encher meia dúzia de sacos. A natureza agradece, assim como nós, que gostaríamos de enviar um enorme obrigado a todos que marcaram presença no evento!

As minhas fotos podem ser vistas aqui.

Additional Images Additional Images

infoCache In Trash Out Events are organized clean-up events that involve and benefit the larger community. Cache In Trash Out is an activity intimately tied to geocaching. While out there on a cache hunt, geocachers collect litter along the trails and properly dispose of it.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page