Skip to content

E.SPORT 3 | FUTEBOL DE FORMAÇÃO Traditional Geocache

Hidden : 05/15/2017
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Enquadramento:

PROJECTO «E.SPORT – ÉVORA, CIDADE DESPORTIVA»

É Desporto toda a forma de praticar uma atividade física que, através de participação ocasional ou organizada, visa equilibrar a saúde ou melhorar a aptidão física e/ou mental e proporcionar entretenimento aos participantes.

Os desportos são normalmente geridos por um conjunto de regras. Eventos físicos, tais como marcar golos ou cruzar uma linha em primeiro definem muitas vezes o resultado no desporto. No entanto, o grau de habilidade e desempenho em alguns desportos, como saltos para a água ou patinagem artística é julgado de acordo com critérios bem definidos. Isto, em contraste com outras atividades julgadas, como concursos de beleza e de musculação, onde a habilidade não tem que ser mostrada e os critérios não são tão bem definidos.

Os registos são mantidos e atualizados para a maioria dos desportos nos níveis mais elevados, enquanto que as falhas e as realizações são amplamente divulgadas na imprensa desportiva.

Os desportos são na maioria das vezes jogados apenas por diversão ou pelo simples facto das pessoas precisarem de exercício para se manterem em boas condições físicas. No entanto, o desporto e em especial o profissional é muito competitivo, e uma importante fonte de rendimento económico e de entretenimento.

Évora é, por incrível que pareça, uma cidade com enorme tradição desportiva. Dezenas de associações desportivas nasceram e “morreram” nesta bela cidade de Évora. A paixão pelo desporto, nas suas mais diversas modalidades, está desde sempre no ADN Eborense.

Este projecto tem por finalidade mostrar um pouquinho do mundo desportivo eborense através de alguns dos locais, associações e modalidades que “mantêm em forma” esta bonita cidade alentejana.

------

Como é nosso timbre, convidamos-vos a visitar cada local, a apreciar cada particularidade arquitetónica e cada pormenor da história de cada um dos pontos de passagem deste passeio. Registe o momento e partilhe com a comunidade GeoCaching.


E.SPORT 3 | FUTEBOL DE FORMAÇÃO

| FORMAR OU COMPETIR? TER RESULTADOS OU EVOLUIR?

Na atualidade do jogo de Futebol são frequentes as seguintes questões: Ganhar ou jogar bem? Formar ou competir? Ter resultados ou evoluir? A tendência é optar por uma ideia em detrimento de outra, contudo cremos não ser esse o caminho. (…) Em resumo: é ou não importante incutir competitividade, espírito de sacrifício, sentido de equipa, força de vontade, entre outros valores intrínsecos a um desportista num jogo coletivo como é o Futebol?

O futebol é um meio privilegiado de preparação de pessoas para a vida. (…) De acordo com esta lógica de pensamento, (…) estabelecemos uma filosofia composta por algumas etapas e uma forma de olhar o futebol de formação.

Pirâmide do Futebol de Formação: Formação, Formação Competitiva e Competição.

Nos dias que correm, e em relação ao futebol de formação, fala-se em duas vertentes distintas: a formação e a competição. Ora bem, na nossa opinião o futebol jovem não é dividido em duas, mas sim em três componentes. A formação, a formação competitiva e, por fim, a competição.

– A FORMAÇÃO inclui a aprendizagem básica de diversos padrões motores fundamentais para a prática da modalidade como o correr, o saltar, o empurrar, etc. E também habilidades imprescindíveis para o jogo como o passe, a receção da bola, ou o remate. Outros valores também devem estar intimamente ligados a esta fase como o convívio com outros atletas, a amizade, o respeito pelas regras e o FairPlay. Apesar de várias equipas já se encontrarem a disputar os campeonatos das respetivas associações, o resultado, embora importante, não deverá ser o mais importante. Neste período devemo-nos focar sobretudo na evolução individual dos atletas. A formação deverá estender-se até aos 11 anos de idade. Infelizmente estas ideias não parecem ser implementadas em todos os contextos formativos, e é precisamente por isso que começam a existir lacunas nas fases seguintes pois a exigência é maior e os questionamentos começam a surgir por parte dos envolvidos no processo.

– Na segunda fase, e está aí o grande diferencial, temos a FORMAÇÃO COMPETITIVA. Entendemos esta etapa como ensinar ou preparar para a competição, não só com o adversário mas também com o colega de equipa. Sabe-se que na atualidade para que o jogador de futebol treine e jogue paga-se e, portanto, é exigido aos treinadores e aos responsáveis do clube mais do que o óbvio. Por outras palavras, acreditamos que uma mensalidade origina que o atleta tenha o direito ao treino e à igualdade de condições para evoluir, mas não garante que tenha que ser convocado ou que tenha que jogar. O jogador terá, como em qualquer âmbito de intervenção profissional e social, que conquistar o seu espaço através da demonstração de competências técnico-táticas, de valores como o respeito pelo outro, de espírito de sacrifício, de saber aceitar as decisões dos treinadores, de ser comprometido com a equipa e batalhar de forma saudável pelo seu lugar na convocatória ou pela titularidade. Lutar pela vitória, mas saber aceitar a derrota como forma de aprendizado.

Esta transmissão de valores preparará o atleta não só a nível desportivo, mas também a nível pessoal, tornando-o num ser humano melhor e mais capaz. Não devemos pactuar com o facilitismo, o amuo, e o jeitinho para pôr este ou aquele a jogar (jogo de interesses cada vez mais presente nos clubes de futebol). Esta fase abrangeria os 12 e os 16 anos de idade.

– Por fim, tem-se a etapa da COMPETIÇÃO na sua forma mais pura, ou seja, inclui o escalão de Juniores A, no qual os atletas já deveriam almejar uma carreira desportiva. Apesar de grande parte dos jogadores ainda não receber qualquer vencimento e muitos ainda terem que pagar para usufruir da competição, nesta parte do processo exige-se um maior compromisso, seriedade e investimento por parte do jogador. Algo que surge como desculpa para o “facilitismo” por parte dos jogadores nesta fase é o facto de estarem na transição da escola para a faculdade, o que faz com que muitas das vezes o atleta não consiga conciliar ambas as tarefas. Cremos não ser uma desculpa válida pois são inúmeros os casos de sucesso escolar e desportivo de forma simultânea. Obviamente que exige do atleta um esforço maior e uma melhor organização e gestão do tempo em relação aos estudantes que não praticam desporto. É nesta parte da pirâmide que se molda o carácter e a personalidade de um jogador que terá que estar preparado para uma possível dispensa na transição para sénior, procurando então outro clube onde possa ser utilizado enquanto jogador.

O atleta júnior, no caso, deverá adquirir nesta fase uma maior maturidade e preparar-se para qualquer circunstância, como por exemplo aquecer durante 30 minutos num jogo e jogar apenas dois ou… não jogar. Deverá já entender o jogo e toda a sua dominante técnico-tática (bem como toda a bagagem adquirida nos estágios anteriores). Essa capacidade de gerir situações deste tipo terá que ser bem resolvida, isto se quiser jogar num plantel sénior.

Costumamos dizer que o futebol e o desporto são tão importantes como a escola, onde aprendemos o português, a matemática, etc.. O futebol, no caso, é um complemento que transmite valores fulcrais no processo de formação humana. O trabalho de equipa, a comunicação, a entreajuda, a amizade, o compromisso e dedicação entre outros que por vezes nos relevamos.

Autoria: Rodrigo Costa e Hugo Almeida

In: https://www.futeboldeformacao.pt/2017/03/30/ganhar-ou-jogar-bem-formar-ou-competir-ter-resultados-ou-evoluir/

********

| ESTÁDIO SANCHES DE MIRANDA – JUVENTUDE SPORT CLUBE

 

Fundado no dia 5 de Dezembro de 1918.

Deste sempre eclético, embora a sua "mola real" seja a equipa sénior de futebol, com a sua camisola actuam equipas das mais variadas modalidades amadoras em todos os escalões etários.

Nos últimos 15 anos, mercê de um forte investimento no Futebol de Formação, ganhou variados títulos nas várias categorias.

No futebol sénior tem no seu palmarés dois títulos de Campeão Nacional de Futebol da III Divisão na época de 1950-1951 e 2009/2010.

Na época 2014/15 disputou a divisão de elite da Associação de Futebol de Évora, sob o comando técnico de Jorge Vicente e sagrou-se campeão.

Desceu na época 2015/16 para os distritais.

Atualmente disputa a Liga CARMIM da Associação de Futebol de Évora.

In: https://www.facebook.com/JuventudeEvora/

& http://juventudesportclube.blogspot.pt/


MAIS PROJECTO «E.SPORT – ÉVORA, CIDADE DESPORTIVA» :

► E.SPORT 1 | COMPLEXO DESPORTIVO DE ÉVORA

► E.SPORT 2 | FUTEBOL: HISTÓRIA

► E.SPORT 3 | FUTEBOL DE FORMAÇÃO

► E.SPORT 4 | FUTEBOL FEMENINO

► E.SPORT 5| FUTEBOL NO DISTRITO DE ÉVORA

► E.SPORT 6 | FUTSAL

► E.SPORT 7 | ANDEBOL 

► E.SPORT 8 | HOQUEI EM PATINS

► E.SPORT 9 | TENIS

► E.SPORT 10 | BASQUETEBOL

► E.SPORT 11 | NATAÇÃO

► E.SPORT 12 | NATAÇÃO LÚDICA


Tome Nota:

  • Considere os atributos indicados. Podem ser uma boa ajuda;
  • Seja discreto e tenha atenção aos Muggle’s que possam eventualmente estar a observa-lo. A manutenção desta cache para os próximos visitantes depende disso;
  • Preserve o Container, manuseando-o com cuidado e voltando a coloca-lo no exato sitio onde o encontrou;
  • Esta Cache não contem material de escrita. Deve levar material de escrita consigo;
  • Respeite o espaço e as regras do Geocaching não danificando o local, nem deixando qualquer tipo de resíduos/lixo;
  • Divirta-se!

Sinta-se convidado a conhecer as nossas Geo-Aventuras: As que vivemos alegremente e as que propomos humildemente. Encontre-nos «aqui»!

Additional Hints (Decrypt)

7

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)